UPE acolhe os novos residentes

No último 01 de março, a Universidade de Pernambuco (UPE) recebeu os novos residentes de enfermagem da Escola de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (Fensg) e de oncologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc).

Estiveram presentes ao evento de boas vindas, o reitor, as diretoras da FCM, Fensg, e do Huoc, os professores Pedro Falcão, Dione Maciel, Viviane Tanuri e Izabel Avelar.

Residência - Do total de vagas oferecidas pelo Governo de Pernambuco em 2019, 837 são de Residência Médica e 536 de Residência em Área Profissional de Saúde. As 1.373 vagas oferecidas no edital deste ano representam um aumento de 43% em relação ao ano de 2014, quando foram 932. Anualmente, são investidos R$ 113 milhões nos programas de residência. Desse montante, R$ 81 milhões (quase 72%) são investimentos custeados diretamente pelo tesouro estadual. Além disso, nos últimos dois anos, o Governo Federal realizou cortes na Residência. O Estado de Pernambuco, no entanto, continuou garantindo não só a manutenção, como a ampliação dos Programas de Residência. Apenas neste ano, foram criadas 70 novas vagas.

Profissionais – Além do incentivo e valorização dos programas de residência, que são o padrão ouro da formação profissional em saúde, o Governo de Pernambuco tem se empenhado para reforçar as escalas das unidades da rede estadual com profissionais efetivos. Desde 2015, o quantitativo de servidores públicos concursados convocados alcançou a marca de 6.673 profissionais, sendo 843 médicos, 1.183 enfermeiros, 3.290 de técnicos de enfermagem, 333 de outras categorias técnicas e 1.024 de outros cargos de nível superior, como fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas. Desta forma, o Governador Paulo Câmara já entrou para a história da Saúde em Pernambuco com a maior contratação de profissionais concursados para a área.

Com informações da SES.