UPE no ranking das universidades que mais produzem cientificamente no Brasil

A Universidade de Pernambuco (UPE) foi, recentemente, classificada na 63a posição na lista das universidades brasileiras que mais produzem artigos e pesquisas científicas no país.

Para o Pró-reitor de pós-graduação, pesquisa e inovação da UPE (Propegi), Prof. Sergio Campello, “O reconhecimento da Universidade de Pernambuco por instituições internacionais reflete o crescimento da Pós-Graduação da UPE nos últimos anos. Decisões acertadas de valorização da carreira docente, de apoio à pesquisa, de contratação de doutores proporcionaram as condições necessárias esse crescimento. Ser classificada como a 63ª universidade brasileira com mais artigos científicos reforça a importância da UPE para o Brasil, para o Nordeste e sobretudo para o Estado de Pernambuco. Isso revela a seu papel fundamental na formação de recursos humanos e na condução de pesquisas relevantes para a sociedade”, ressaltou.

O presidente da Academia Brasileira de Ciências, físico e professor da UFRJ, Luiz Davidovich, relata que, “de acordo com recente publicação feita por Clarivate Analytics a pedido da CAPES, o Brasil, no período de 2011-2016, publicou mais de 250.000 artigos na base de dados Web of Science em todas as áreas do conhecimento, correspondendo à 13a posição na produção científica global (mais de 190 países)”.

De acordo com o levantamento feito pelo diretor científico da Fapesp, professor Carlos Henrique de Brito Cruz, mais de 95% das publicações referem-se às universidades públicas, federais e estaduais e essas publicações estão associadas a pesquisas que beneficiam a população brasileira e contribuem para a riqueza nacional.

Confira aqui a lista.

Com informações do site Ciência na rua.